Sespa confirma mais 16 casos da Covid-19 no Pará; estado tem 102 pacientes infectados

14/10/2018

Os números foram divulgados na noite de domingo, 5 pela secretaria.

Foram confirmados mais dezesseis casos do novo coronavírus no Pará, segundo boletim divulgado na noite desta domingo (5) pela Secretaria de Saúde do Estado (Sespa). Ainda na noite de domingo um óbito de uma mulher de 50 anos de Belém foi confirmado. Com esses novos registros sobe para 102 o número de casos da Covid-19.

De acordo com a Sespa os pacientes são:

1.Mulher, 41 anos de Belém

2.Mulher, 55 anos de Belém

3.Homem, 32 anos de Belém

4.Homem, 65 anos de Belém

5.Homem, 69 anos de Belém

6.Homem, 36 anos de Belém

7.Mulher, 73 anos de Belém

8.Mulher, 33 anos de Ananindeua

9.Mulher, 50 anos de Belém (óbito)

10.Mulher, de Belém

11.Mulher, de Belém

12.Homem, de Belém

13.Homem, de Belém

14.Homem, de Belém

15.Homem, de Belém

16.Homem, de Belém

A Sespa não informou como esses pacientes contraíram o vírus, se foi um caso importado ou por transmissão comunitária. Além disso, não há informações sobre o estado de saúde dos infectados

Segundo o último boletim divulgado pela Sespa, o estado possui ainda 1.042 casos descartados; 97 em análise; e duas morte registrada pela Covid-19

Entre os 82 confirmados até este domingo (5), a maioria dos infectados está entre a faixa etária de 20 a 50 anos, com mais de 65 casos. Segundo os números, 51 dos pacientes diagnosticados são mulheres, 50 são homens e uma criança que não teve o sexo identificado.

0 a 10 anos: 1 caso

11 a 19 anos: 1 caso

20 a 30 anos: 21 casos

31 a 40 anos: 25 casos

41 a 50 anos: 19 casos (1 morte)

51 a 60 anos: 16 casos

61 a 70 anos: 10 casos

71 a 99 anos: 2 caso (1 morte)

Idade não revelada: 7 casos

O Secretário de Saúde Pública do Pará Alberto Beltrame fez um pedido durante coletiva na noite de sexta-feira (3), para que a população do estado permaneça em casa principalmente nesse período em que a confirmação os casos dispararam.

“Nós temos vistos gradativamente a cidade de Belém voltar a uma vida praticamente normal. As pessoas se assustaram no início e agora que é justamente o momento de ficar em casa mais do que nunca parece que as pessoas relaxaram e estão tranquilas circulando pelas ruas”, disse Beltrame.

Segundo o secretário, o resultado dessa circulação de pessoas pelas ruas fez com que o estado tivesse um crescimento de 50% de casos confirmados em apenas um dia. Ainda segundo Beltrame, se mais casos forem confirmados a probabilidade desses casos serem graves aumenta.

“O sistema de saúde do Pará está preparado para essa eventualidade, mas precisamos evitar a sobrecarga do serviço de saúde. Do contrário nós teremos uma triste notícia em breve e começaremos a contar as mortes no Pará”, finalizou.

Por Andréa França, G1 PA — Belém

Aplicativos


 Locutor Ao vivo

DJ ANTÔNIO PAULO

ON LINE

Peça Sua Música

Nome:
E-mail:
Seu Pedido:


Top 5

01.

CASA WORSHIP

A CASA É SUA

02.

MINISTÉRIO ZOE

AQUIETA MINH'ALMA

03.

MIDIAN LIMA

NÃO PARE

04.

GABRIELA ROCHA

LUGAR SECRETO

05.

PRETO NO BRANCO

NINGUÉM EXPLICA DEUS

Anunciantes